23 Fev. 2018

Angels & Demons in rectal cancer: Challenging the dogmas

O tratamento do cancro retal está a sofrer alterações a um ritmo nunca antes observado, debatendo-se num verdadeiro confronto entre anjos e demónios. Foi esta questão que esteve na génese do encontro promovido pela Fundação Champalimaud e que decorreu, nos dias 22 e 23 de fevereiro, no Centro Champalimaud.

<i>Angels & Demons</i> in rectal cancer: Challenging the dogmas

Nas palavras de o Prof. Doutor Nuno Figueiredo - cirurgião digestivo, investigador, especialista em cirurgia do cólon e reto, e diretor do Centro Cirúrgico do Centro Clínico Champalimaud - 'Os anjos são todas as novas abordagens e tecnologias que permitem que os doentes sofram menos quando são tratados ao cancro do reto [...] Os demónios são todos os dogmas difíceis de quebrar, instituídos na classe médica e científica [...]' -

Neste encontro, dedicado a um tópico que antevia um confronto de posições, especialistas de renome internacional debateram não apenas as oportunidades de melhoria sem precedentes que se têm observado na área do tratamento do cancro colorretal (como a cirurgia robótica; a imagiologia, nomeadamente a imagem por ressonância magnética para o estadiamento e suporte à tomada de decisões terapêuticas; a radioterapia com administração de radiação de alta energia e estabilização do alvo a tratar; entre outros), mas também a confusão lançada por estudos recentes e a crescente morbilidade resultante dos protocolos seguidos atualmente.

Foi com enorme satisfação que assistimos ao entusiasmo com o qual a comunidade médica e científica, nacional e internacional, acolheu o tema proposto e foi com ainda maior agrado que presenciámos as importantes discussões que se geraram em torno dos tópicos trazidos a debate. Porque da discussão e confronto de ideias nascem novas ideias e soluções, estamos prontos para, em conjunto, continuar a trabalhar e quebrar os dogmas que persistem. Até ao próximo encontro.